Maio 11, 2017 writeideas

Portugal campeão do mundo em 2018!

Se começou a ler o texto foi porque chamei a sua atenção. Poderia ter escolhido um título de cariz económico, que deixasse o leitor bem disposto, coisa mais ou menos rara quando falamos de notícias económicas, mas que pode acontecer, como por exemplo: “Desemprego cai abaixo dos 5% no primeiro semestre” ou “PIB cresce 10% nos primeiros três meses do ano”. No entanto, as probabilidades de ninguém dar crédito ao título, pensando que se tratava de um texto do dia das mentiras escrito com 2 meses de atraso, era alguma, pelo que a minha escolha recaiu sobre o futebol.

Mas o que é que o futebol tem a ver com comunicação? Tanto como a economia, a culinária, a puericultura, a religião ou a política. Tudo é comunicação e o que não é comunicado, nos dias de hoje, pura e simplesmente não existe. Mas essa é uma reflexão que deixo para depois…

Voltando ao futebol e ao porquê do título deste post, a verdade é que quis chamar a atenção. Quis que começasse a ler o texto e tenho a expetativa que, por esta altura, ainda navegue por estas linhas. Acredite que não é tarefa fácil! Escrever é um desafio, por parte de quem escreve e por parte de quem lê. As pessoas têm pouco tempo… ou melhor, o tempo é o mesmo do que há 20 anos, as solicitações é que são mais. A informação é mais, a comunicação está em todo o lado e em cada momento. E, no momento seguinte, já está desatualizada porque um novo post, tweet, notícia ou comentário tomou o lugar do anterior. Outra vez e outra vez…

O desafio de comunicar prende-se com o interesse do conteúdo. Chamar a atenção até pode ser relativamente fácil… Mas prender o leitor, cativar o consumidor, fidelizar o utilizador, já é tarefa mais puxada. Daí a tamanha importância de criar conteúdos de interesse. Conteúdos com interesse. Para quem lê, vê ou ouve. É esse o desafio a que nos propomos diariamente.

Susana Veloso
Write Ideas

  • partilha
Tagged: , , ,